Conheça 5 quedas d’água da Costa Verde & Mar

Costa Verde & Mar >
cachoeira-seca-camboriu

A ligação da Costa Verde & Mar com a natureza é indiscutível. Toda a região tem cenários belíssimos que encantam turistas e moradores. E além das praias, famosíssimas no Brasil e no Exterior, as quedas d’água são outro atrativo que têm ganhado espaço na agenda dos visitantes.

 

Camboriú tem a Cachoeira Seca

cachoeira-seca-camboriu

 

Foto: Marcos Vinicios Pagelkopf

 

Em Camboriú, a queda d’água mais conhecida é a Cachoeira Seca. O nome está relacionado ao fato de que parte da corredeira está escondida por pedras. Mas é mera impressão. A Cachoeira Seca tem cerca de 20 metros de queda, com 500 metros de profundidade e a parte mais profunda do poço tem 6 metros.

 

O lugar é ideal para banhos (sempre de maneira responsável) principalmente nas piscinas naturais. Sentar próximo à queda e sentir a água gelada no corpo, programa ideal para os dias quentes de Verão.  Do Centro de Camboriú são cerca de 13 quilômetros até o local e é fácil de encontrar porque há placas indicativas no caminho.

 

Lembre-se, para chegar será necessário caminhar por uma trilha bem íngreme de cerca de 600 metros para ter acesso à maior das quedas d’água. O caminho é difícil e exige resistência, calçado fechado, mochila com itens básicos e muita disposição. A Cachoeira Seca fica na Estrada Geral dos Macacos, na Vila Conceição, área rural do município. É uma propriedade particular e é cobrada uma entrada de R$ 5.

 

 

Duas quedas d’água encantam os visitantes de Itapema

 

cachoeira-itapema

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Nicolas Crispim

 

Itapema tem alguns recantos naturais com quedas d’água. A Cachoeira do São Paulinho, por exemplo, é a de mais fácil localização, por isso é também a mais frequentada. Fica na Rua 716, no Morro São Paulo, no bairro Várzea. Depois dela, outra atração é a Cachoeira no bairro Sertão, que tem água cristalina e piscinas naturais não tão profundas. Muitas famílias visitam o lugar aos finais de semana de calor. A criançada é quem mais gosta, já que podem ficar à vontade, pois a profundidade das piscinas naturais não é tão elevada.

 

 

Água doce e salgada juntas em Penha

 

cachoeira-penha-praia-vermelha

 

Foto: Edgar Bispo

 

Quem diria que tão perto da praia, em Penha, houvesse uma nascente que forma a Cachoeira da Praia Vermelha. Para chegar até ela existem dois acessos. Ou pela areia da praia, fazendo o percurso inverso do fluxo da queda d’água, ou pela trilha paralela, que é mais íngreme e necessita atenção.

 

A Cachoeira da Praia Vermelha é formada por uma queda de pouco mais de 3 metros e tem uma piscina natural bem rasinha. Desta piscininha a água começa a descer até chegar ao mar.

 

 

Bombinhas tem trilha até chegar à Cachoeira da Praia Triste

 

cachoeira-praia-triste-bombinhas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Marcos V

 

Partindo de Zimbros, o visitante pode caminhar por uma trilha até a Praia Triste. Quem já visitou é firme em dizer que não existem palavras para descrever este paraíso, tranquilo e lindo. A praia é calma, a água é cristalina e não há agitação. Mas é uma região distante da infraestrutura das outras praias da cidade.

 

A dica então é levar mochila com água e comida, além de protetor solar. E, claro, a consciência de que precisamos manter o lugar preservado. Por isso, recolha seu lixo e traga de volta as boas lembranças de momentos inesquecíveis nesta queda d’água

 

 

Morro do Baú, em Ilhota tem uma cachoeira de tirar o fôlego

 

cachoeira-ilhota-morro-do-bau

 

Foto: Joeci Ricardo Godoi

 

A Cachoeira do Morro do Baú faz a gente parar e simplesmente admirar! Até recuperar o fôlego e aproveitar a água límpida e gelada que desce do morro. Localizada no Parque Nacional Morro do Baú, não é necessário pagar entrada. Os aventureiros costumam fazer a trilha observando as marcações que sinalizam o caminho. Cerca de um quilômetro antes do pico, há um espaço limpo que acaba sendo utilizado para acampamentos. São os ecoturistas que admiram, respeitam e contribuem com a preservação que passam algumas horas no local esperando a noite terminar para poder ver o nascer do sol lá do alto.

 

< Voltar
© Costa Verde & Mar