Pesca da tainha: o que é e tudo que você precisa saber sobre essa tradição da Costa Verde & Mar

Costa Verde & Mar >
pesca-da-tainha-bombinhas-1

Quem vive diariamente na Costa Verde & Mar, sabe exatamente sobre esta tradição secular. Mas, muita gente de fora questiona o que é a pesca da tainha. Esse é, com certeza, um dos maiores eventos culturais do litoral catarinense. É um hábito indígena, adotado pelos colonizadores e que se manteve graças à grande quantidade de pescadores que, até hoje, sobrevivem (e alimentam a população) com seus conhecimentos junto ao mar.

A pesca da tainha é um processo artesanal, onde um “vigia” fica de olho no mar durante a madrugada dos meses frios para observar a chegada dos cardumes. Eles costumam brilhar com a luz da lua e tem, ainda, o conhecimento técnico dos profissionais da pesca que identificam a chegada das correntes marítimas. Quando as tainhas chegam, eles acionam o grupo que entra na água e faz o cerco com as redes.

.

Imagem de arquivo, produzida antes da pandemia
Imagem de arquivo, produzida antes da pandemia

.

 

Agora que você já sabe o que é a pesca da tainha, vale descobrir por qual motivo as tainhas circulam pela Costa Verde & Mar

.

A condição para que as tainhas cheguem à Costa Verde & Mar, são os ventos vindos do Sul e o frio. Estes peixes saem da Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, em busca de águas mais quentes para a desova.

Por isso, a safra segue algumas recomendações do Governo Federal, para garantir a permanência do pescado nos anos seguintes. No Brasil, em 2021, a captura foi autorizada em 1º de maio na modalidade arrasto de praia. A pesca fica permitida até o dia 31 de julho.

As tainhas que chegam à região da Costa Verde & Mar, podem alcançar 60 centímetros de comprimento e pesar até quatro quilos, embora algumas cheguem até um metro e vivem até 16 anos. Todos os anos, esta espécie percorre grandes distâncias ao longo da costa até o mar aberto, onde se reproduzem em grandes números.

.

pesca-da-tainha-balneario-camboriu-2

.

Regras em 2021 reforçam a importância do distanciamento social mesmo durante a captura

.

A tradição da tainha é realmente um espetáculo e ver a chegada dos peixes, além de sua captura, é algo muito apreciado pelos visitantes e moradores. Em período de pandemia, no entanto, alguns cuidados são necessários. Por determinação da Secretaria Especial da Pesca, que publicou uma portaria, ficou acertado que:

.

– O uso de máscara é obrigatório por todos os envolvidos na prática;

– O patrão de pesca ou proprietário da embarcação deverá designar duas pessoas que ficarão responsáveis por garantir o cumprimento das normas de prevenção à Covid-19, inclusive orientando populares e curiosos a deixarem o local;

– Na praia, só poderão permanecer as pessoas envolvidas diretamente na pesca, usando máscara e mantendo a distância mínima de 1,5 metro;

– Limitação de pessoas na operação de pesca por canoa (máximo de 50 pessoas para o arrasto com canoa a remo, entre Jaguaruna e Itapoá);

– Na operação de retirada da rede, todos devem manter distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas que puxam a rede;

– Permitida a permanência no rancho de pesca somente da equipe mínima envolvida no lançamento da rede (patrão, remeiros, chumbeiro e a pessoa que fica na praia com a ponta do cabo). O restante do grupo deve aguardar o chamado em abrigos temporários, ao longo da praia ou nas suas casas;

– Pessoas pertencentes ao grupo de risco devem evitar participar das atividades;

– Disponibilizar álcool 70% para desinfecção das mãos e de superfícies expostas, como mesas, utensílios, vasilhames diversos, entre outros;

– Ao término da pesca, todos devem sair da praia, evitando aglomerações além das estritamente necessárias para a atividade.

.

Locais tradicionais da pesca da tainha na Costa Verde & Mar

Rancho dos Pescadores Canto da Praia, Itapema

Criado em 2000, o Rancho dos Pescadores do Canto da Praia conta com mais de 40 pescadores associados e 42 embarcações que variam entre bateras e botes, praticantes exclusivamente da pesca artesanal. Fica na Avenida Beira-Mar, 45, no Canto da Praia.

.

pesca-da-tainha-itapema-1

.

Rancho da Pesca, Praia de Taquaras, Balneário Camboriú

O Rancho de Pesca, fica localizado no canto esquerdo da Lagoa da Praia de Taquaras. Distribuído por pouco mais de um quilômetro de extensão, é um dos locais propícios para a pesca da tainha. No interior do rancho, estão três canoas prontas para o início da temporada da safra da tainha, que é realizada no período de maio a julho. Nos demais meses do ano, também é feita a pesca de outras espécies de peixes. Fica na Avenida Interpraias, sem número, em Taquaras.

.

pesca-da-tainha-balneario-camboriu-1

.

Rancho do Seu Vavá, Praia de Bombas, Bombinhas

Com o objetivo de divulgar e valorizar os costumes locais e a tradição pesqueira, o Rancho do Seu Vavá foi construído estrategicamente no ano de 2017, em frente ao Centro de Atendimento ao Turista, na Praia de Bombas. Tem como homenageado o pescador bombinense Dorival Gonzaga da Silva, popularmente conhecido como Vavá, que faleceu em 2016. O espaço está aberto à visitação pública para que todos possam aprender mais sobre o dia a dia dos homens do mar do município. Antes da visita, confira as regras durante a pandemia. Fica na Avenida Leopoldo Zarling, 2072, em Bombas.

.

pesca-da-tainha-bombinhas-2

.

.

 

Todas as informações contidas nessa matéria estão de acordo com as normas do Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina e ainda das Prefeituras Municipais. Para mais informações acesse: www.saude.gov.br; www.coronavirus.sc.gov.br; www.citmar.sc.gov.br.

< Voltar
© Costa Verde & Mar